Site Franklin Mano 64.374.814 Acessos
SEJA UM HERÓI, SALVE VIDAS. DOE SANGUE, MEDULA ÓSSEA E ÓRGÃOS.
Meu Diário
06/03/2017 15h58
ROGER HENRI DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Roger Henri Barroso Huthmacher nasceu em Niterói, em 22 de maio de 1955. Com avó francesa e avô alemão, começou a estudar música aos 10 anos de idade e aprendeu a tocar acordeão, piano e violão. Aos 20, mudou-se de Niterói para o Rio, onde foi cursar arquitetura. Após se formar, trabalhou como arquiteto durante alguns anos, em paralelo com a música, sua grande paixão.

Entre os vários estudos que fez na área, destacam-se os cursos de orquestração com Ian Guest, compositor e arranjador húngaro que vive no Brasil desde 1957, e o de regência com o maestro curitibano Alceo Bocchino, que foi aluno de Villa-Lobos. Roger Henri, que toca hoje piano, guitarra e violão, já teve a oportunidade de trabalhar como arranjador e produtor em gravações com Dorival Caymmi, Daniela Mercury, Danilo e Nana Caymmi, Fagner, Gal Costa, Fafá de Belém, entre outros grandes nomes da música brasileira. Além disso, ele também tem músicas gravadas com Nana e Danilo Caymmi, Elba Ramalho, Simone, Fafá de Belém, entre outros.

Na Rede Globo desde o início da década de 1980, Roger Henri já compôs mais de 2 mil músicas veiculadas em trilhas sonoras da emissora. A recente novela “Babilônia” tem sua trilha sonora assinada por ele, que também é responsável por trabalhos clássicos em minisséries como "Engraçadinha", "Desejo", "Memorial de Maria Moura", "Um só Coração", além das novelas "Paraíso Tropical", "Insensato Coração", "Páginas da Vida" e "Lado a Lado", entre tantas outras. Roger Henri também é o autor da marca musical "Supercine".

Além de assinar as trilhas de algumas das mais importantes obras da TV Globo, Roger Henri também é o autor do arranjo de piano e voz do Hino Nacional, gravado por Fafá de Belém e que se tornou um marco na campanha das Diretas. Ele escreveu ainda um novo arranjo para o Tema da Vitória, especialmente para o enterro de Ayrton Senna. Na visita do Papa Francisco ao Brasil, durante o evento da Jornada da Juventude, ele criou a trilha musical dos eventos "Via Crucis" e “Vigília em Copacabana”, com arranjos para Coro, Orquestra e Banda de Rock.

Com marcante atuação no panorama musical brasileiro, Roger Henri também contabiliza em seu currículo passagens pelas principais gravadoras (Som Livre, Universal, RGE, e outras), assim como em Festivais da Canção, na direção musical em shows na prestigiada Sala Funarte e no mercado publicitário através da criação de jingles e trilhas para comerciais, documentários, campanhas eleitorais e publicitárias.

Em 2015, para celebrar os 40 anos de carreira, Roger resolveu mostrar ao público um novo lado de seu trabalho, como instrumentista e arranjador, e lançou o "Segundas com Beatles", seu primeiro show solo. O espetáculo aumentou de alcance e agora se chama “Beatles in Blues & Jazz”. No repertório, dedicado à obra da mais importante banda de rock da história, Roger toca guitarra e piano, acompanhado por Orquestra e com a participação de cantores convidados, em versões repaginadas, com novos arranjos escritos por ele.

Recentemente, em dezembro de 2016, o maestro foi premiado com a melhor trilha sonora no Festival de Cinema de Aruanda, em João Pessoa, com o filme documentário “Silêncio no Estúdio”, dirigido por Emília Silveira, que conta a vida da jornalista e escritora Edna Savaget.

CONTATO PROFISSIONAL

Facebook > https://www.facebook.com/rogerhenri.maestro/

Youtube > https://www.youtube.com/channel/UCfyFXOdv9yrzYQTlLsArepQ

Publicado por Site Franklin Mano
em 06/03/2017 às 15h58